Modelo visual baseado em blocos encaixáveis para realizar o planejamento de Trajetórias de Aprendizagem

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.24215/18509959.27.e2

Palabras clave:

Conceptual block, Learning modeling, Visual programming, Didactic planning, Learning trajectories

Resumen

This article presents a graphic model to support the teaching planning process, using a structure based on a conceptual hierarchy, which allows relating sub-concepts and educational resources by the level of dependence. Such an approach is based on the theoretical-methodological construct of learning trajectories andconsiders principles of Ausubelian meaningful learning theory, visual programming languages and techniques for web development. To assess the perception of the use of the model with its target audience, two experiments were carried out to analyze criteriaregarding acceptance of technology and teacher perception about the use of the graphic model. The results point to a high degree of acceptance of technology and consistency of the model as a support tool for the planning stage, according to the view of the participating teachers.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Paulo Santana Rocha, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, Brasil

Douturando no Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação pela UFRGS, mestre em Ciência da Computação pela UFPa e Analista no Insituto Evandro Chagas / Ministério da Saúde.

José Valdeni de Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, Brasil

Professor Convidado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), credenciado como Professor Permanente no Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação (PPGIE). Professor Titular Aposentado da UFRGS.

Raquel Salcedo Gomes, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, Brasil

Professora da UFRGS, no Departamento Interdisciplinar, do Câmpus Litoral Norte. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação. Coordenadora do Curso de Licenciatura em Pedagogia EaD, PEAD-CLN-UFRGS.

Rafaela Ribeiro Jardim, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, Brasil

Douturanda no Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação pela UFRGS, mestre em Informática pela Universidade Federal de Santa Maria e técnica no Instituto Federal Farroupilha.

Dauster Souza Pereira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, Brasil

Douturando no Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação pela UFRGS, Mestre em Educação Escolar pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Professor-pesquisador da área de Formação de professores.

Norberto Ferreira Rocha, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Brasil

Doutorando em Saúde Pública pela Fundação Osvaldo Cruz/ENSP. Mestre em Educação, Administração e Comunicação pela Universidade São Marcos - USM. Professor Assistente da UNIFESSPA.

Citas

M. A. Moreira, "O que é afinal, aprendizagem significativa?," presented at Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais, Instituto de Física, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT, Brasil, Abril 2010. [Online]. Available: http://moreira.if.ufrgs.br/oqueeafinal.pdf

A. A. da Silva Eloy, R. de Deus Lopes, I. M. Angelo, A. A. da S. Eloy, R. de D. Lopes, and I. M. Angelo, “Uso do Scratch no Brasil com objetivos educacionais: uma revisão sistemática,” RENOTE, vol. 15, no 1, 2017, doi: https://doi.org/10.22456/1679-1916.75164

P. S. Rocha, J. V. de LIma, R. Jardim, D. S. Pereira, I. Kuhn, and R. de L. P. Rocha, “Modelando trajetórias de aprendizagem utilizando princípios de design baseado em blocos: um estudo de caso aplicado à aprendizagem em desenvolvimento web,” RENOTE, vol. 16, no. 2, p. 10, 2018.

Google, “Google Blockly,” 2018. [Online]. Available: https://developers.google.com/blockly/. [Accessed: 17-Apr-2018].

OECD, TALIS 2018 Results (Volume I): Teachers and School Leaders as Lifelong Learners, TALIS, OECD Publishing, Paris: Francia, 2019, doi: https://doi.org/10.1787/1d0bc92a-en.

A. Pelizzari, M. de L. Kriegl, M. P. Baron, N. T. L. Finck, and S. I. Dorocinski, “Teoria da aprendizagem significativa segundo Ausubel,” Rev. PEC, vol. 2, no. 1, pp. 37–42, 2002.

D. Ausubel, The psychology of meaningful verbal learning. Oxford, England, 1963.

M. da G. D. Ferro and M. do S. S. Paixao, Psicologia da Aprendizagem: Fundamentos teórico-metodológicos dos processos de construção do conhecimento., 1st ed. Teresina, 2017.

P. Sztajn, J. Confrey, P. H. Wilson, and C. Edgington, “Learning Trajectory Based Instruction: Toward a Theory of Teaching,” Educ. Res., vol. 41, no. 5, pp. 147–156, 2012.

F. B. Simbine, J. V. de Lima, M. A. R. Torres, and S. J. S. Chiguv, “Análise das Trajetórias de Aprendizagem em Ambientes Virtuais de Aprendizagem por meio da Visualização da Informação,” Rev. Bras. Des. da Informação, vol. 15, no. 2, pp. 183–196, 2018.

D. B. Ramos, “Uma ferramenta baseada em grafo para identificação e visualização de trilhas de aprendizagem,” presented at Programa de PósGraduação em Informática do Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas, Brasil, 2016. [Online]. Available: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5031

A. C. Urban, C. M. Maia, and M. F. Scheibel, Didática Organização Do Trabalho Pedagógico. Curitiba, Brasil, 2009.

E. de S. Argolo, “Trajetórias Conceituais Intencionais de Ensino e Aprendizagem: Investigação Em Fluxo Temporal Em Espaços E Contextos Nos Processos Educacionais Em EaD,” 2016.

Mylk, “Digital Learning Episode,” 2019. [Online]. Available: http://mylk-project.info/2016/06/10/digital-learning-episode/. [Accessed: 01-Jul-2019].

MIT, “Scratch - imagine, program, share,” 2019. [Online]. Available: https://scratch.mit.edu.

E. Susilo et al., “STORMLab for STEM Education: An Affordable Modular Robotic Kit for Integrated Science, Technology, Engineering, and Math Education,” IEEE Robot. Autom. Mag., vol. 23, no. 2, pp. 47–55, 2016.

D. K. Brumbaugh, L. Brambaugh, and D. Rock, Scratch your brain geometry: Math Games, Tricks, and Quick Activities. Critical Thinking Company, 2006.

A. Baratè, A. Formica, L. A. Ludovico, and D. Malchiodi, “Fostering Computational Thinking in Secondary School through Music - An Educational Experience based on Google Blockly,” in Proceedings of the 9th International Conference on Computer Supported Education, 2017, pp. 117–124.

N. Fraser, “Ten things we’ve learned from Blockly,” in Proceedings - 2015 IEEE Blocks and Beyond Workshop, Blocks and Beyond 2015, 2015, pp. 49–50.

P. Leal de et al., “A Utilização do Computador na Educação: aplicando o Technology Acceptance Model (TAM),” Biblionline, 2012.

F. D. Davis, “Perceived Usefulness, Perceived Ease of Use, and User Acceptance of Information Technology,” MIS Q., vol. 13, no. 3, 1989.

Moodle, “About Moodle,” moodle.org, 2017.

H. Cook and D. P. Ausubel, “Educational Psychology: A Cognitive View,” Am. J. Psychol., 1970.

A. B. do Canto Filho, “MOTRAC - Modelo de Trajetórias de Aprendizagem Conceitual,” 2015.

R. Scherera, F. Siddiqb, and J. Tondeurc, “The technology acceptance model (TAM): A meta-analytic structural equation modeling approach to explaining teachers’ adoption of digital technology in education,” Comput. Educ., vol. 13, no. 35, 2018.

J. C. Fusari, “O Planejamento do Trabalho Pedagógico: Algumas Indagações e Tentativas de Respostas,” 2019.

R. C. C. Haydt, Curso de Didática Geral. 2011.

Publicado

2021-02-01

Cómo citar

[1]
P. . Santana Rocha, J. . Valdeni de Lima, R. . Salcedo Gomes, R. . Ribeiro Jardim, D. . Souza Pereira, y N. . Ferreira Rocha, «Modelo visual baseado em blocos encaixáveis para realizar o planejamento de Trajetórias de Aprendizagem», TEyET, n.º 27, p. e2, feb. 2021.

Número

Sección

Artículos originales