Engenharia didática de formação (EDF): uma proposta de situação didática do ENEM com o uso do software GeoGebra para professores de matemática no Brasil

Resumen

Este artigo apresenta um recorte parcial de uma proposta didática metodológica de uma pesquisa de mestrado em andamento sobre alguns problemas selecionados de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), relacionados a problemas do conteúdo de “ volumes”. Tal exame trata-se de uma prova do governo federal brasileiro, cujo intuito é avaliar o desempenho dos alunos ao término do ensino médio, além de promover o ingresso dos discentes no ensino superior. Dessa forma, apresenta-se uma situação didática do ENEM que foi modelada e fundamentada na Teoria das Situações Didáticas (TSD) com o aporte do software GeoGeobra em que as sessões didáticas foram consubstanciadas na Engenharia Didática de Formação (EDF) que é desenvolvida para a produção de recursos didáticos e a formação de professores. Para promover a transposição didática do problema, utilizou-se o software GeoGebra, pois favorece ao aprendiz transpor dificuldades relativas ao entendimento e a construção conceitual de geometria. Tal estrutura facilita descrever os princípios da mediação didática que se apresenta durante a prática do professor, além de resignificar o estudo de “volumes” no contexto das provas do ENEM.

Biografía del autor/a

ROSALIDE CARVALHO DE SOUSA, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará

Graduada em Ciências Habilitação em Matemática pela Universidade Estadual Vale do Acaraú. Pós-Graduada em Metodologia do Ensino Fundamental e Médio, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú. Professora efetiva da Secretária de Educação do Estado do Ceará – SEDUC. Mestranda em Ensino de Ciências e Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.

Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará,

Mestrado em Matemática Pura pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e mestrado em Educação, com ênfase em Educação Matemática, pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutorado com ênfase no ensino de Matemática (UFC). Professor do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (IFCE). Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PGECM).

Francisca Cláudia Fernandes Fontenele, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Licenciada em Matemática pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), possui especialização em Ensino de Matemática pela UVA, Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é professora da Universidade Estadual Vale do Acaraú, em que atua na área da Educação Matemática e desenvolver pesquisa junto ao Grupo de Pesquisa e Estudos em Educação Matemática (GPEEMAT).

 

Citas

M. J. Perrin-Glorian, “A i’nterface entre recherche et enseignement, les ingénieries didactiques,” Apresentado no 1er Congrès (TACD), França, 2019, pp. 1-13.

A. dos Santos Protázio, M. de F. Souza dos Santos- Oliveira, A. dos Santos Protázio, “Análise de software para o ensino de evolução através de critérios pedagógicos e computacionais,” Revista Iberoamericana de Tecnologia en Educación y Educación em Tecnologia, no. 24, pp. 44-55, 2019.

F. R. V. Alves and P. M. M. C. Catarino, “Engenharia didática de formação (EDF): Repercussões para a Formação do professor de matemática no Brasil,” Educação Matemática em Revista, vol. 2, no. 18, pp. 121-137, 2017.

S. A. Almouloud and M. J. F. da Silva, “Engenharia didática: evolução e diversidade,” Revista Eletrônica de Educação Matemática, vol. 7, no. 2, pp. 22-52, 2012.

F. Tempier, “De la conception d’une ressource pour enseigner la numération à l’identification de besoins pour la formation des enseignants”, in Atas do XXXXI Colloque Copirelem, 2014, pp. 1-16.

R. C. de Sousa, F. R. V. Alves and F. C. F. Fontenele, “Implicações da didática profissional para a formação do professor de matemática,” Revista de Educação Matemática, vol. 17, pp. 1-23, 2020.

G. Brousseau, Théorisation des phénomènes d’enseignement des mathématique. Mathematics Université Sciences et Technologies – Bordeaux I, 1986.

J. L. M. de Freitas, “Teoria das situações didáticas,” in Educação Matemática: uma (nova) introdução, S. D. A. Machado, Org. São Paulo: EDUC, 2015, pp. 77-111.

C. Margolinas, “Situations, savoirs et connaissances...comme lieux de recontre?,” Formation et Pratiques d’enseignement en Questions, vol. 19, pp. 31-39, 2015.

F. R. V. Alves, “Visualizing the olympic didactic situation (ODS): teaching mathematics with of the GeoGebra softwarew,” Acta Didáctica Napocensia, vol. 2, no. 12, pp. 97-116, 2019.

R. C. de Sousa, F. R. V. Alves and F. C. F. Fontenele, “Aspectos da teoria das situações didáticas (TSD) aplicada ao ensino de geometria espacial referente as questões do ENEM com amparo do software GeoGebra,” Alexandria Revista de Educação em Ciências e Tecnologia, 2020. No prelo.

Brasil. Ministérios da Educação. Secretaria de Educação Básica. Apresentação do ENEM. [Online]. Disponível: http://portal.mec.gov.br

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Provas do ENEM. [Online]. Disponível: http://portal.inep.gov.br/provas-e-gabaritos

S. A. Almouloud, Fundamentos da didática da matemática. Curitiba: UFPR, 2007.

F. R. V. Alves, “Teoria das situações didáticas (TSD): sobre o ensino de pontos extremantes de funções com arrimo da tecnologia,” Revista Eletrônica Sala de Aula em Foco, vol. 5, no. 2, pp. 59-68, 2016.

A. P. R. A. Santos, F. R. V. Alves, “A engenharia didática para o ensino de olimpíadas de matemática: situações olímpicas com o amparo do software GeoGebra,” Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, vol. 13, no. 1, pp. 141-154, 2018.

L. C. Pais, Didática da Matemática:Uma Análise da Influência Francesa. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

E. L. Lima, Medida e Forma em Geometria: Comprimento, Área, Volume e Semelhança. 4. ed. Rio de Janeiro: SBM, 2011.

Publicado
2020-10-12
Cómo citar
CARVALHO DE SOUSAR., Vieira AlvesF. R., & Fernandes FonteneleF. C. (2020). Engenharia didática de formação (EDF): uma proposta de situação didática do ENEM com o uso do software GeoGebra para professores de matemática no Brasil. Revista Iberoamericana De Tecnología En Educación Y Educación En Tecnología, (26), e10. https://doi.org/10.24215/18509959.26.e10
Sección
Artículos originales