O desenvolvimento do aplicativo APPrendendo como incentivo à utilização do Tablet Educacional

  • Jorge Alberto Messa Menezes Júnior Universidade Federal de Santa Maria (UFSM),Santa Maria-RS , Brasil
  • Karla Marques da Rocha Universidade Federal de Santa Maria (UFSM),Santa Maria-RS , Brasil
Palabras clave: Tecnologias educacionais, Tablet educacional, Aplicativos híbridos, Prática Pedagógica

Resumen

O presente artigo apresenta o resultado da pesquisa desenvolvida no Programa de Mestrado Profissional em Tecnologias Educacionais em Rede (PPGTER) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que tratou do desenvolvimento de um aplicativo para dispositivos móveis, o APPrendendo, como meio de incentivo aos professores, da rede pública estadual da cidade de Alegrete-RS, a utilizarem o recurso Tablet Educacional, recebido através de um projeto governamental de fomento às tecnologias educacionais. Partindo da hipótese de que os Tablets foram pouco utilizados devido a carência de aplicativos específicos voltados aos docentes, utilizando-se de procedimentos da pesquisa-ação, buscou-se levantar as dificuldades enfrentadas na proposta, e a partir, desenvolver um aplicativo objetivando contornar o problema. O app foi desenvolvido utilizando a metodologia Engenharia Web e a abordagem Híbrida. Os requisitos foram obtidos em oficinas, que consistiram de encontros com os professores para validação e apresentação de protótipos do app. Concluído o app, foi aplicado um questionário para avaliá-lo. Analisados os dados, constatou-se que os professores consideraram o aplicativo apto para ser utilizado como recurso metodológico em suas práticas. Verificou-se também, que o processo de desenvolvimento do app, em colaboração com os docentes, contribuiu para sensibilizações, sendo mais um fator de fomento à sua utilização.

Citas

[1] Organização das Nações Unidas, Diretrizes de políticas para a aprendizagem móvel, Brasília, 2014.
[2] P. Freire, Pedagogia da Autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
[3] M. Silva, “Os professores e o desafio comunicacional da cibercultura”, in Tecnologia e Educação: As mídias na prática docente, D. Amora, W. Freire, Ed. Rio de Janeiro: WAK Editora, 2008, pp. 98-98.
[4] P. Demo, Formação permanente e tecnologias educacionais. Petrópolis: Editora Vozes, 2011.
[5] D. Amora, “Professor, você está preparado para ser o dono de um meio de comunicação em massa?”, in Tecnologia e Educação: As mídias na prática docente, D. Amora, W. Freire, Ed. Rio de Janeiro: WAK Editora, 2008, pp. 15-30.
[6] L. S. Leite, “Mídia e a perspectiva da tecnologia educacional no progresso pedagógico contemporâneo”, in Tecnologia e Educação: As mídias na prática docente, D. Amora, W. Freire, Ed. Rio de Janeiro: WAK Editora, 2008, pp. 61-78.
[7] V.M, Kenski, Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Papirus Editora, 2012.
[8] FNDE, Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2015
Publicado
2018-06-10
Cómo citar
Messa Menezes Júnior, J., & Marques da Rocha, K. (2018). O desenvolvimento do aplicativo APPrendendo como incentivo à utilização do Tablet Educacional. Revista Iberoamericana De Tecnología En Educación Y Educación En Tecnología, (21), e04. https://doi.org/https://doi.org/10.24215/18509959.21.e04
Sección
Artículos originales